domingo, 14 de junho de 2009

Novidades da Chevrolet para o Brasil



Os investimentos da General Motors destinados a fábrica serão usados para uma reestilização de Celta e Prisma, além da produção de um novo modelo compacto. Diferentemente do que se imaginava o Suv derivado do Viva, não será produzido na planta gaúcha e sim juntamente com o modelo hatch na unidade da Chevrolet na Argentina.

Na fábrica de Gravataí alguns funcionários já tiveram acesso a alguns esboços do Celta e do Prisma reestilizados. As maiores alterações serão na dianteira do modelo, com os faróis ficando parecidos com os do Chevrolet Sail, porém, um pouco maiores e com as pontas bicudas, já a grade será parecida com a do Prisma Y, que será inteiriça, tendo uma faixa com logo dourado no meio. Na traseira a maior mudança será a volta da placa de identificação que voltará para o para-choque, já as lanternas manterão o formato, ganhando somente nova disposição das luzes. Na motorização os motores serão melhorados e Celta ganhará novamente o motor 1.4. Por enquanto os testes seguem somente no campo virtual, mas, no ano que vem os primeiros protótipos ganham as estradas gaúchas para os testes de durabilidade. A previsão de lançamento é para o fim de 2011. Antes porém, o Celta e o Prisma ganham uma reforma mais simples, provalmente só a grade nova já mostrada aqui no Autos Segredos. Já em 2013 o modelo ganhará um substituto, por conta da obrigação de air bags e abs de série. O leitor/colaborador Giovane Vedoy Silva, com base na descrição da reestilização do modelo fez as projeções que ilustram este post.

Outra novidade descoberta pelo blog é sobre a chegada do sedã Cruze já para o ano que vem, de acordo com uma fonte o modelo ganhará o nome de Vectra. Sendo que o atual Vectra será rebaixado ficando no lugar do Astra.


Fotos Chevrolet/Divulgação e projeção Geovane Vedoy da Silva blog Revista-Motores

17 comentários:

  1. Quanto ao nome eu acho que a GM vai colocar ele como Omega. O atual Omega não é importado da Austrália? Por uma empresa que deixará de fazer parte da GM?

    ResponderExcluir
  2. A holden continua como braço da GM fora dos EUA, então o Omega atual pode continuar vindo para o Brasil

    ResponderExcluir
  3. meu Deus do céu, essas são as mudanças da GM pro celta pra 2011. Essa alterações já seriam defasadas se feitas em 2007, imagina em 2011? Tá feia a GM aqui no Brasil...

    ResponderExcluir
  4. Nao vejo muito sentido na GM trazer o Cruze e aqui da-lo nome de Vectra mesmo sabendo q a propria GM deu ao Astra o nome de Vectra. A GM deve ter feito um belo investimento nos atuais Vectra pra so durar 2 anos no maximo? O Cruze aqui, por ser bem mais atraente, ter motor mais moderno sem falar no interior melhor e porte semelhante ao do Vectra (nao eh pequeno), seria uma opcao ao Jetta e Fusion tendo em vista q ha uma diferença bem interessante entre o Vectra top e o Omega. Acredito q num futuro a medio prazo, com o Cruze ja sendo vendido aqui e sendo bem aceito, a GM deixe de fazer a linha Astra/Vectra/Zafira e passe a traze-la de outro pais. A propria GM disse isto ao afirmar q usarao o acordo comercial Brasil e Mexico ao maximo so produzindo aqui carros com maior demanda e q nao precisem de tanta tecnologia embarcada. Em suma, tendo concorrente bem melhores e q vende q nem agua, Civic e Corolla, e o custo aqui eh alto pra carros mais sofisticados, deve sair bem melhor trazer carros do Mexico vide Captiva e Cruze onde o custo de producao eh menor e chegam aqui com preço e margem de lucro melhores.

    ResponderExcluir
  5. Ainda, o Celta eh um derivado daquele primeiro Corsa q tivemos ou mesmo o Classic. Posso esta enganado, mas a base do Corsa do qual gerou o Celta ja eh compativel com o air bag e ABS pode ser posto sem problemas. Uma mudança a nivel estrutural faz mas sentido por conta da legislacao sobre o crash test, pois a atual nao deve atender os requistos de tal Lei. Nesta situacao estao Uno/Mille e a Kombi com maior nivel de urgencia. A Fiat ja sinaliza com um substituto do seu classico, mas e a VW, fara o q? Ela poderia, ao menos, fazer aqui a Crafter q tem varios tipos de carrocerias e seria um bom opcao as Sprinter e Transit por exemplo.

    ResponderExcluir
  6. Cruze, o "novo Vectra"!!!

    Com toda certeza, acham que somos idiotas!!!

    ResponderExcluir
  7. O Celta não vai ser substituído pelo novo Chevrolet Spark? Achei que esse era o investimento que a GM vai fazer com o empréstimo que está finalizando com o BNDES...

    ResponderExcluir
  8. Quanto ao Celta... cruzes! rs

    Não sei como a Ford ainda não ultrapassou a GM...

    ResponderExcluir
  9. Mêeeeeeeeeeeeeu olha que novidade arrebatadora esse Celta cara, mas o povo é besta e compra se bem que vem Fiesta novo por ae, até lá tb a fiat ja mudou o Palio tooooooooooodo de novo, ae só quem é besta compra esse Celta

    ResponderExcluir
  10. Eu sempre gostei dos carros da GM e, tanto eu, como meus familiares, sempre tevemos muitos carros da Chevrolet.

    Sem querer criticar por criticar messe esse Celta é um carrinho sem defesa. Tem aspecto de carro chinfrim. Não adianta mudar a grade e a posição das lampadas da lanterna. A traseira tem desenho feio e as lanternas são pequenas, de desenho pobre, parecem de carros ingleses dos anos 1960. A inclinação do parabrisa parece de carro do inicio dos anos 1990, fazendo com que o capô fique quase horizontal, parecendo um bico de pato. A linha de cintura é baixa tanto no hatch 4 portas como no Prisma, apesar do hatch duas portas possuir uma linha ascendente que ameniza as coisas. Enfim, tá tudo errado nesse carro, que é quase um "eletrodoméstico que tranporta gente". Que chegue logo um substituto.

    Sobre o fato de lançar o Cruze como Vectra, se for verdade, acho que a GM só pode estar com piada. Em 2005 lançaram o Astra europeu no Brasil com uma frentinha diferente (e feia) para dizer que era outro carro (chamaram todos de otários). Lascaram o nome de Vectra na criatura. Em 2009 eles fianalmente decidem colocar frente de Astra no Astra, digo Vectra. A frente nova é bonita e deveria ter sido colocada no carro assim que foi lançado em 2005, mudar agora, além de ser tarde demais, fica com cara de "é fizemos bobagem e agora estamos tentando correr atras do prejuizo".

    Agora eles querem lançar o Cruze no Brasil com o nome de Vectra, e o "Vectra" finalmente viraria o que sempre foi: um Astra. Não ficaria surpreso se o atual Astra nacional continuar em linha rebaixado pra Kaddet ou Chevette...

    Impressionante a lambança que o marketing dessa empresa vem fazendo. Parecem que são espiões da concorrência trabalhando infiltrados para que a GM acabe de falir de vez.

    Mark Kweirotz

    ResponderExcluir
  11. Eduardo Teixeira Küll15 de junho de 2009 10:37

    Mania idiota da GMB de ficar inventando: que o Cruze venha como ele realmente é, CRUZE. Já imaginaram a confusão: o Astra atual, que já é passado, deixando de existir e o Vectra, que nunca foi Vectra, virando Astra depois de ter sido Vectra. O Cruze, amplamente apresentado como CRUZE, virando Vectra, que ficou meio mal visto no mercado depois de seu rebaixamento a Astra, apenas se apropriando de um nome que não merecia. Isso, se não acabarem fazendo algum teste com o Insignia que vai/ia ser vendido no Chile como VECTRA!!!
    Sobre o Celta, lá vai a GMB superfaturar o investimento em uma pseudonovidade cosmética, provavelmente declarando uma fortuna de investimento em uma "melhoria" que depois, qualquer funileiro razoavelmente capaz pode fazer. Com isso aumentando o estoque de "investimento" da empresa por aqui e assim, justificar o envio de mais dinheiro para os EUA.
    Por fim, lá se vai outro modelo para a Argentina, no caso, o SUV do Viva, ficando em produção aqui apenas a velharia e a porcariada que não se vende mais no resto do mundo. E pior: fazendo um investimento LÁ, dando emprego, renda e divisas LÁ para um modelo que vai ser prioritariamente vendido AQUI!.

    LINDO! LINDO! LINDO!

    ResponderExcluir
  12. Eu até admitiria a GM chamar ele de Vectra se enfim tirasse esse motor do Monza (beberrão e fraco), e lançar um mais potente e muito mais economico. Conhecendo a GNB ela lançaria o Vectra(Cruze) e manteria o LIXO desse motor atual.

    O Celta já era! Aquele volante torto, espaço apertado, e a inpressão de ser um carro frágil, já deu oq ue tinha que dar!

    Por essas e outras que a GM está despencando em nosso mercado. A AE até fez uma reportagem sobre isso.
    Representava em:
    2006 22,3%
    2007 21,3%
    2008 20,5%
    2009 18,5%

    É a GMB em queda livre!
    Mais do que merecido

    O link é:
    http://blogautoesporte.com.br/colunaautoesporte/2009/06/03/gm-brasil-sem-margem-para-erros/

    ResponderExcluir
  13. A GMB me envergonha cada vez mais...

    Quem te viu e quem te vê GMB...

    :(

    ResponderExcluir
  14. concordo com o sr. Raimundo!

    ResponderExcluir
  15. vamos todos boicotar os carros do projeto viva primeiro vao fazer o hatch agora vao fazer o suv do viva na argentina.eu tava disposto acomprar um suv do viva agora eu nao vou querer comprar mais nem a pau juvenal ,se nosso mercado e 5 vezes maior q o deles pq produzir la por isso q a chevoet ta caindo como esta nao comrem carros argentino

    ResponderExcluir
  16. o Cruze (4,53 comprimento 2,68 enteeixos) é um sedã médio, com isso entra no lugar de um sedã médio, este sedã médio é o Vectrasauro com suspensão do astra projeto da GM brasil e não o OMEGA que é um SEDÃ GRANDE (4,81m comprimento e 2,91m entreeixo)... já demorou pra GM trazer este carro, tomaram que eles não queiram fazer alguma adaptação pra reduzir custos...

    ResponderExcluir
  17. El frontal del Celta que se muestra en la recreación me parece hermoso. El auto es malo y barato, eso no es malo. Pero Chevrolet precisa el Spark de segunda generación y el Cruze ya. Espero que el Agile sea un buen rival del Punto, el Fit, el Polo y el C3.

    ResponderExcluir