domingo, 18 de outubro de 2009

Autos Segredos descobre as potências dos motores Tritec

No post anterior revelei os novos motores 1.4 16V e 1.6 16V Tritec que a Fiat usará em sua linha a partir de 2010. Entretanto, ainda faltava revelar a potência dos novos propulsores, agora não falta mais. O Autos Segredos apurou com exclusividade os números aproximados dos novos propulsores. O 1.4 16V deverá ficar na casa dos 100 cavalos de potência e o 1.6 16V por volta dos 130 cavalos de potência, esses números já são dos motores flex. Como escrevi no post anterior a engenharia ainda não bateu o martelo nos números finais, por isso, podem ter uma pequena diferença de 4 cavalos de potência para cima ou para baixo.

68 comentários:

  1. Kct! 130 cvs?! E o pobre Linea como fica? Eu acho que na verdade, será 126 na gasosa e 128 no etanalcool. Já o 1.4, os 100 cvs de ser na gasosa, até mesmo por conta do 500 que já tem 100 cvs e o da GM, que tem 97, u diria que no etanalcool ele vai gerar por volta de 102/103 cvs (todo motor Fiat tem diferença de 2 cvs entre a gasosa e o etanalcool).

    ResponderExcluir
  2. Tá aí ó! Pra quem não acreditava que esses motores podessem chegar na casa dos 130 cavalos, dançou. O Sigma que se cuide.

    ResponderExcluir
  3. Vai ter multiair neles Marlos? Tem como dar um aperto nessa sua fonte? sahuahuahuahauha

    ResponderExcluir
  4. É Vilker, que bom que estava errado!

    ResponderExcluir
  5. Imagina com turbo esses motores !!! Nuss... como disse nosso amigo Anônimo os motores Sigma que se cuide

    ResponderExcluir
  6. cara,
    E o Doblo Adventure 2010, quando chega? já vem com o novo motor tritec 1.6 16v?

    Aldemi

    ResponderExcluir
  7. A nova linha Doblò vem em dezembro...

    ResponderExcluir
  8. Potência não é tudo. O Astra Monzatech tem 140 cv, mas perde para o 1.8 do Tiida / Livina na aceleração. Além disso, melhor ter um carro com melhor acerto de suspensão e menor potência do que uma barca potente. Particularmente acho que o 1.6 Tritec vai ficar muito bom no Punto. É o que faltava para ele bater no Polo (e no Golf inclusive). Se eu tivesse grana com certeza seria minha escolha. Punto HLX 1.6

    ResponderExcluir
  9. Renzo,
    errado quem? Vc né?

    ResponderExcluir
  10. Poxa depois do Pneu furado do Barrichelo só mesmo essa noticia para animar meu domingo. Gente eu li a um tempo atrás em algum lugar (acho que foi aqui mesmo) que esse motores argentinos do Linea são meio que provisórios, se desse certo continuava, e se não derem saiam de cena para a dominação total dos Tritec. Creio que isso vai acontecer, pois com um motor mais moderno e provavelmente mais potente o que a Fiat tem a Fazer é tirar-los de circulação (os argentinos) e por os que estão fazendo barulho (isso levando em consideração que os Tritec são melhores e provavelmente são) na midia. Prevejo (caso os motores Tritec se confirmer bons mesmo) a linha 2012 da Fiat todinha só Fire + Tritec. Poxa quem diria que a Fiat que todos reclamam tanto estaria investindo tão bem no nosso paisinho...primeiro deram um jeitinho (melhorou mas não ta perfeito) na suspensão dos carros, agora vem sinalizando as melhorias de motores (provavel 1.6 mais potente do país), só falta agora dar um tapa (esmurrar na vedade rsrsrs) o Dualogic e deixar o cambio manual nacional como o do 500 que é o melhor cambio que eu ja usei na minha vida (tirando claro os carros da faixa de 200kk pra cima que ja dirigi), dai meu amigo é correr pro abraço. A fiat está caminhando a passos largos para ser, das montadoras atuantes no brasil, a que mais se aproxima dos carros comercializados na Europa. Agora concerteza o T-jet vai ficar apagado até a inclusão do multiair, e até lá o Punto Sporting vai ser mesmo Sporting, uhuuuu o meu amarelo com skydome e motores Tritec ja está garantido, ja to juntando as moedas aqui para ter o meu !!!!

    ResponderExcluir
  11. Anônimo,
    O motor powertrain 1.8 já dão uma surra nos Polos e Golf's 1.6 no quesito potencia. O maior problema é que bebem mais e por isso é ruim.

    Mas concordo com vc, esse 1.6 16v vira a calhar mto bem para o carro.

    Alias imaginando o peso potencia dos dois motores o 1.4 finalmente cairia para a relação correta no Punto, no Palio ficará mto rapido e se incluido no novo Uno ele ficará realmente mto rapido até pelo peso e pensando que será com itens basicos, mais leve e com isso andar junto com os carros 2.0. Mas é só especulação.

    Ja os 1.6 16v entrando no Punto, andará mais que os motores 2.0 da VW, 1.8 da GM e isso é mto bom para todos os carros da FIAT (compacto premium para cima).

    Sinceramente não entendo em que faixa se encaixa um Palio e um Punto, pois acredito que os dois apesar do Punto ter um acabamento pouco superior ao Palio, compartilham a mesma divisão de compactos premium. E olha que o Palio era promessa de entrada da Fiat, mas pelos preços e tudo mais vai acabar ficando como o irmao "com menos recursos" mas sendo um carro premium.

    Acredito que no Palio e no Punto esse 1.6 16v será mto motor para o carro o que certamente deverá fazer a concorrencia se mexer... (a Ford não mto mas o restante...)

    Esse motor 1.6 16v já poderá equipar os Bravo's de entrada e assim obter um 1.8, 1.9 ou 2.0 mais potente para se alinhar com os carros medios atualmente. Acredito que se esse motor 1.6 da Fiat seguir os motores da Kia em termos de ajuste e consumo, esse motor será otimo e baterá de frente até mesmo com motores 1.8 e 2.0 das concorrentes. O que eu duvido, pois como já disse é mto motor para Punto e Palio... o que se for tao potente pode fazer que ocorra um canibalismo com o modelo T-Jet por talvez até oferecer numeros proximos de aceleração, retomada e final.

    Posso estar errado, afinal o T-Jet é sobrealimentado... mas assim melhor para nós consumidores!!!

    Abraços,
    Edson

    ResponderExcluir
  12. Primeiro, parabens, Marlos pela foto que, infelizmente, nao tem som e pela nota sobre a potencia dos motores.
    Sobre o 1.6 aspirado, mesmo que com uns 125 cv, nao ficaria perigosamente perto da potencia do 1.9 que por enquanto equipa apenas o Linea?
    Ainda falando do Tritec, e as unidades turbo? Existe alguma novidade sobre elas? Nao seriam estes os motores mais adequados para um Bravo top de linha ?

    ResponderExcluir
  13. Anonimo,

    o T-Jet nao devera ser canibalizado, pois seu conceito eh outro: desempenho com economia (downsising). Ainda, a diferença de potencia para o provavel 1.6 16V q estima-se ter 130cv seria de 21cv, menor com relacao ao 1.8 da GM mas ainda relevante.
    Se o q disse Daniel Gutemberg sobre o motor 1.9 16V argentino ser um quebra-galho, faria sentido o 1.6 16V Tritec chegar aos 130cv, pois a medio prazo substituiria o 1.9.
    Com relacao ao Dualogic, na linha Palio o acerto foi melhor. No Linea talvez a Fiat precisasse fazer o q a VW disse ter feito no I-Motion, ou seja, alterar a relacao de marchas. Na Europa o T-Jet de 120cv tem esta caixa. Todavia, aguardo pela divulgacao da caixa DSG de 6 velocidades q a Fiat disse lançar este ano.

    ResponderExcluir
  14. Lucas Amorim disse...

    Eu acho que o 1.6 não irá canibalizar o 1.9, mas fará com que ele também receba tecnologias.
    O T-Jet não deverá ser canibalizado, mas também deverá receber tecnologias, provavelmente derivando do novo 1.4, deverá ter uns 170/180cv como o MiTo.
    Apesar do que aconteça "Fiat.Movidos pela Paixão", já que muitas fabricantes/montadoras querem vender relíquias no Brasil, pelo menos algumas tentam melhorar nossos produtos.

    ResponderExcluir
  15. O que eu quis dizer sobre unidade TURBO é em relação ao 1.6 Tritec turbo, que exatamente como o 1.6 aspirado também equipou o Mini e neste, produzia 166 cv.
    Inclusive porque eventualmente a Fiat poderia fazer o que faz a PSA: produzir uma unidade turbo com "apenas" uns 150 cv, que poderia substituir o 1.9 e outra, forte, para os modelos com pegada mais esportiva.
    Lembro que a 4 Rodas especulou que a Fiat desenvolvia o 1.6 Turbo para ser o primeiro motor nesta configuração DO MUNDO a ser também FLEX.

    ResponderExcluir
  16. Já estão dizendo que um motor 1.6 16V vai render mais do que motores 2.0...

    Vai entender...

    ResponderExcluir
  17. Acertei na mosca! [2x]

    Tamo junto, Vilker!

    ResponderExcluir
  18. Isma Junior,

    apesar de parecer apelacao de alguns aqui, o motor 1.6 16V pode sim render bem mais q um 2.0, principamente se estiver com turbo. O 1.4 16v Turbo (T-Jet) rende 150cv facil e chega aos 180cv na versao Abarth SS. Um 1.6 16V T pode chegar aos 200cv. Dependendo da tecnologia empregada,nao so se consegue potencia alta quanto garante um bom consumo inferior a um modelo de cilindrada maior com mesma potencia.

    ResponderExcluir
  19. Fantástica notícia! E não deve mudar desses valores, não.

    Eu já estava querendo, mesmo doendo, deixar pra comprar carro só ano que vem, mas agora... com tanta mudança na FIAT... só compro algo agora em novembro com um PUTA desconto DANADO.

    ResponderExcluir
  20. vou esperar o próximo ano, mesmo com todo ipi.....

    ResponderExcluir
  21. Isma Junior realmente render mais acho dificil pois temos bons 2.0 no mercado hoje em dia, mas pode ter certeza de que mesmo com numeros inferiores de cilindrada e potencia em cv vamos ver este bonitinhos da Tritec andar muito e andar provavelmente no vacuo dos 2.0 que temos hoje em dia no país. É dificil de pensar isso mas é só lembrar que a Tritec fazia os motores do mini que ai fica facim facim de imaginar isso. Mesmo assim eu acho que esta primeira geração de motores Fiat Tritec não vão ser o suprasumo...agora quando o MultiAir for implementado ai sim vamos ter um motor de primeiro mundo. E creio que não vai demorar isso não viu, aposto em 2013 as primeiras unidades MultiAir saindo aqui no Brasil. Mas enfim voltando eu acredito em 1.4 com 102cv no alcool e o 1.6 com 133cv no mesmo combustivel. Creio que o Primeiro motor a receber o MultiAir vai ser o T-jet e que este seja um provavel T-Jet Tritec (1.6 16v Turbo) quando for receber o MultiAir. Sobre o cambio, o manual eu ja vejo alguma melhora do punto pra cima, mas o Dualogic no Palio ter se saido melhor essa eu não sabia mesmo, vou dar uma pesquisada. Eu queria que a Fiat parasse de importar motores e importasse cambios da Italia, ainda mais com este Tritec nascendo com tanta força assim logo na sua primeira geração.

    ResponderExcluir
  22. Ah e concerteza eu vou deixar pra comprar meu Linea e meu Punto Sporting no meio pro fim do ano que vem !!!! pode ter Ipi, cpmf, sms o que for rsrsrsrsrs, da Fiat ta vindo forte !!!

    ResponderExcluir
  23. Anônimo



    É ÓBVIO que um 1.6 turbinado pode render mais do que um 2.0 aspirado.

    Fiz o comentário porque estavam dizendo que o 1.6 16V ASPIRADO poderia render mais do que um 2.0, e isso não procede.

    Abraços!

    ResponderExcluir
  24. O comment acima foi para o RAIMUNDO! ^^

    ResponderExcluir
  25. Pode crê, Douglas Lemos.

    É Daniel cê tá com dinheiro, hein? Os dois não sairiam por menos de 120.000 reais.

    A galera tá muito empolgada com o Tritec. Falar que vai andar mais que 2.0 é demais.

    Vamos pegar o 2.0 menos potente no Brasil, o VW AP 2.0 de 120cv álc.

    Mesmo o Tritec tendo em torno de 10 cv a mais que o 2.0 da VW, é dificil andar mais que ele(equiparando-se o peso dos veiculos), por vários motivos, à começar pelo torque que do Tritec deve girar em 16 kgfm, o da VW 17,5 kgfm. O motor de maior capacidade cubica respira mais, seu ciclo é mais longo gerando mais força ao motor. Obs: não sou mecânico, se falei abobrinha, os entendidos pode me corrigir.

    Agora não tenham duvidas que ele andará bem mais que o GM 1.8.

    A titulo de curiosidade o 1.6 flex da VW tem os seguintes n°:
    potencia: 101/104 a 5250 rpm
    torque: 15,4/15,6 kgfm a 2.500 rpm
    Vai tomar coça do Tritec!

    ResponderExcluir
  26. Pô Daniel Gutemberg, sair pedindo por aí para as pessoas não comprarem os carros da Fiat hoje, vc quer é falir a empresa é? Afinal de contas a empresa tem que vender os atuias. Compra quem quer. Avisar é uma coisa, pedir é outra.

    Outra coisa não sei aonde vc tirou que ele terá potencia aproximada de 104cv o 1.4 e o 1.6 de 132cv. Vc se baseou nas informações do Marlos, sem dar os créditos e ainda distorceu.

    ResponderExcluir
  27. Ao Isma Junior,

    nao procede eh vc dizer q um 1.6 16V aspirado nao pode ter potencia superior a um 2.0. O motor do Civic Si q eh 2.0 tem potencia de carro com motor 2.5 ou ate mais vide o Jetta.
    Ainda, com tecnologias q variam tempos de abertura/fechamento de valvulas, injecao direta de combustivel e conceitos como o MultiAir, dao condicoes de um motor de baixa cilindrada ter rendimento de motor superior mesmo sem turbo.
    Se o Tritec 1.6 16V mesmo sendo moderno nao detem de tecnologias ja fundamentadas na Europa, eh claro q sua potencia dificilmente ira superar a de motores 2.0 mas chega proximo.

    ResponderExcluir
  28. Ah safadenho frenquenta a AE tb né...mas enfim mano vc leva muito as coisas a pé da letra. Primeiro quem tem o poder de influenciar a escolha das pessoas na hora de comprar um carro ???? Concerteza eu que não sou, foi modo de dizer, ainda mais lá na AE que é só folia (que chega a irritar as vezes). Segundo, os numeros que eu postei lá foi minha aposta (até disse aqui isso) com base na news do Marlos. Se alguem me perguntar da onde veio isso um link pra ca vai ser postado, simples. Relaxa mano !!!!!!Ah 120 mil em dois carros...o Stilo Abarth chegava proximo a isso. 120 paus por dois carros top (e lindos) acho um preço interessante. Mas obvio tem que se virar pra conseguir a grana, uma quantia dessa não aparece no bolso do dia para a noite seja lá de quem for!!!! Raimundo acho que o que o Isma quis dizer foi que os Tritec do jeito que estão sendo feitos não tem como, e isso é verdade. Agora como eu disse antes, acho que eles vão andar no vacuo dos 2.0 que temos hoje em dia.

    ResponderExcluir
  29. Pois é Daniel Gutemberg, talvez no seu caso eu tenha levado à sério de mais mesmo.

    Meu chapa, eu reviro a net atrás de notícias de autos diariamente quando tenho tempo, como essa semana. Por sinal um dos melhores o "Noticias Automotivas", de tanta palhaçada nos comentários e Eber tirou os comentários e o blog perdeu a graça.

    ResponderExcluir
  30. Vilker disse...
    Renzo,
    errado quem? Vc né?

    FELIZMENTE! Faltou o "eu", he he!

    ResponderExcluir
  31. Marlos, sinto muito mas tá errado, só vou dizer isso.

    ResponderExcluir
  32. Ah sim, tá errado mesmo com a "tolerância" que você colocou...

    ResponderExcluir
  33. Eu achei que o "Noticias Automotivas" estava com problemas tecnicos, mas então quer dizer que o Eber resolveu tirar os comentários?

    Nossa, que decisão infeliz dele, simplesmente matou o site. Eu nem acessei mais depois que os comentários pararam de aparecer, perde toda a graça.

    ResponderExcluir
  34. Ao anônimo,
    eu não sei se realmente é isso. O fato foi que os comentários sumiram. Acho que não foi problemas tecnicos pois não vi o Eber falar nada a respeito.

    ResponderExcluir
  35. Pois é tava tão acostumado a ficar lendo os comentarios, mas derrepente sumiu. Hora e outra o Eber tinha problemas com o nivel dos comentáros. Alguém sabe o que aconteceu?

    ResponderExcluir
  36. Anônimo tb compreendo dessa falta, nunca mais acessei o site depois que os coments pararam de rolar, num vale a pena. Quando ele tiver uma enorme baixa nos visitantes aí volta ao velho sistema de comentários, sem eles acaba a interação entre pessoas, interação essa existente aqui, por exemplo, e olha como nos damos bem. DE fato, tinha algumas peças que entravam p/ frescar com os outros (um tal de Clio era o pior), acho que o Éber deu um tipo de castigo por assim dizer.

    Mas Marlos, vc que tem contato com ele, tem como dar uma perguntada sobre o que está acontecendo lá?

    ResponderExcluir
  37. Tudo bem Vilker relaxa ;) !!!... mas eu não conhecia este "noticias automotivas" estou começando a revirar a net sobre carros faz pouco tempo. Antes era só por revistas e conversas com os amigos. Só encontrei este (maravilhoso) blog pois na AE tinha em uma materia o nome do blog e Marlos (materia sobre segredos claro) dai eu procurei o blog na net....isso faz pouquissimo tempo.

    ResponderExcluir
  38. Voçes todos detonaram o noticias automtivas com asneiras,ninguem sabe o que esta falando,até o Elber acabar com os comentarios agora vem todo mundo pra cá fazer o mesmo,Marlos não deixe isso acontecer aqui não.Vão procurar o que fazer,que tal ir pro blog do Parizzi discutir sobre Stilo,é fato etcc e tal lá é o lugar e voces que nada entendem de automoveis.

    ResponderExcluir
  39. Falô o banzão!
    Ningupem meteu o pau no noticiasauomotivas, não. O que relatamos foi a retirada dos comentários do blog. O Anônimo acho que quem te que caçar alguma coisa pra fazer aqui é vc. Fique no seu canto e não nos venha enche o saco. Vc deve estar com ciúmes, pois lá era uma brigaiada e aqui nós nos damos bem. Não coloque o Parizzi no meio. Cada blog é de uma maneira, cada um tem um estilo diferente. Vai trabalhar muleque!

    ResponderExcluir
  40. (Ignorando o provocativo comment anterior e continuando no assunto do post):


    Fico contente de ver que os fabricantes nacionais estão trazendo novas tecnologias.

    Mas ainda falta um loooongo caminho a percorrer...

    ResponderExcluir
  41. Aos colegas anônimos:

    Que tal se continuarmos no assunto do post? =)

    ResponderExcluir
  42. Daniel Ramos de Oliveira20 de outubro de 2009 11:21

    Acertei os números da potência :D Tava na cara que as potências seriam próximas de 100cv e 130cv(1.4 e 1.6),já que como o 1.6 Tritec Flex irá substituir o 1.8 Powertrain Flex era de esperar que a potência chegasse a esse nível,e tomara que esse novo 1.4 Tritec Flex chegue logo nos Novos Palio(Projeto 327),e pra mim ela deveria equipar a Nova Strada Sporting com esse novo motor.

    ResponderExcluir
  43. Só Falta agora saber se a Fiat usará o motor 1.6 16v supercharger de 165cv que a Tritec produzia nessa mesma fábrica.

    ResponderExcluir
  44. Acho fantástico o trabalho do Marlos, sem dúvida é muito competente, porém custo a crer que tirem mais de 120 cv do Tritec 1.6 16v. Tecnicamente é possível sim, mas tenho dúvidas quanto ao resultado em baixas rotações. Aumentar a taxa neste motor é bastante complicado, devido ao cabeçote 16v. E pelo fato de ser SOHC, pode haver ainda complicações pra adotar o comando Multiair nele (falta de espaço mesmo, mas vamos ver). Na realidade o 1.4 16v até me animou mais, pois é uma unidade que gira bem demais e tem uma tocada bem esportiva. Em relação ao SOHC (em ambas as unidades, e inclusive o bloco é o mesmo, variando só o curso) existe a vantagem de baratear o motor, e também o reparo, além de termos um comando bem leve. Contra pesa o fato de que em altas rpm haja certa limitação, mas ao menos a curva de torque é mais linear. Vale lembrar ainda que os Tritec na Europa têm a fama de alta durabilidade, são "motores à moda antiga" porém com muita qualidade de projeto. Vem coisa boa por aí, bom pra nós.

    ResponderExcluir
  45. Bom ANdré, mas vc ñ acha que toda essa demora em levar esses motores a público seria por conta dessas adaptações que a Fiat está promovendo? Acho que o motor final ñ será SOHC, até mesmo por conta do Multiair.

    ResponderExcluir
  46. Penso que finalmente a Fiat vai ter motores viaveis porque ninguem merece esses 1.4 fraquinhos ou aqueles 1.8 monzatec. Penso que os motores 1.6 tem um aproveitamente muito bom, e sao mais economicos que os 1.8. Ja pensei em ter um Punto, mas por gostar de motores 1.6 decidi pelo Ford Focus. O motor eh simplismente perfeito para o aproveitamente que eu tenho. Penso que a ratiada nos tritec pode ser o uso de correia dentada. Mas...

    ResponderExcluir
  47. Em relação ao motor 1.6 16V andar mais que 2.0 é possível sim, já tive Siena 1.6 16V e Polo Hatch 2.0 e o Siena com 106 cvs andava mais que o Polo com 116 cvs. O 1.6 16V na família Palio só perde pro Astra 2.0 Flexpower de 128 cvs de velocidade final e olhe lá, mas aí sim o peso do carro influencia bastante.

    Agora com 130 cvs a coisa vai ficar ainda pior pra concorrência, pois vai começar a incomodar não só os 2.0 8V, mas também os 2.0 16V vão passar "sufoco".

    Desse jeito ano que vem troco o Palio 1.4 em um Punto 1.6 16V!

    ResponderExcluir
  48. Anônimo

    Seu Polo não tinha sido bem amaciado, hein?

    Quanto à comparação com os 2.0 16V, acho que nem tem cabimento...

    ResponderExcluir
  49. Roberto Sevéro na news mesmo diz que não vão usar mais correia dentada e sim corrente. Como o André bem disse estes motores lá na Europa tinham fama de serem robustos em termos de quebra. Sobre eles andarem mais que 2.0 gente esquece. Os motores 2.0 que agente tem no mercado (principalmente os 16v) são bastante fortes. Agora vai dar pra acompanhar isso pode ter certeza. A Tritec é uma otima fabrica de motores, tanto que fabricava motores para ninguem menos ninguem mais que BMW (no caso do mini). Os caras são bons, e pode ter certeza que a Fiat junto a Tritec vão fazer um bom trabalho.

    ResponderExcluir
  50. A BMW trocou de fabricante há algum tempo.

    Não é mais a Tritec...

    ResponderExcluir
  51. Pessoal a Fiat já falou oficialmente que para trazer o Multi-air pra cá levaria 2 anos, qualquer um que já tenha trabalhado em indústria automobilística sabe que é o tempo mínimo necessário para a introdução de um produto novo, afinal mudaria o cabeçote quase inteiro.

    Quanto ao motor não se animem tanto com esses números que o Marlos postou não, como já disse está errado. Do jeito que as coisas tão indo tem gente aqui que quando finalmente ver o anúncio oficial vai ficar desapontado, pois vai estar esperando mais do que vai receber...

    ResponderExcluir
  52. O Marlos tá de fora dos assuntos, será que ele está muito ocupado com seu trabalho ou está fazendo flagras para nós nos divertir?

    ResponderExcluir
  53. Devo concordar com o Anônimo de cima, muita calma com estes números. E o cabeçote creio que continuará a ser SOHC, o que não é algo ruim (muita gente erroneamente crê que DOHC seja superior em tudo, mas não é bem assim). A limitação que vejo no SOHC é quanto à adoção do Multiair, mas este é outro papo, são especulações em cima de especulações. Sobre o Tritec, a BMW só o abandonou porque o acordo de cooperação com a Daimler-Chrysler chegou ao fim. Eles optaram por desenvolver uma nova unidade em conjunto com a PSA, de dimensões semelhantes, porém com tecnologias bem caras (injeção direta, comando variável, etc). Pra nós o Tritec cai como uma luva porque é resistente o suficiente pros brasileiros, e ao mesmo tempo entrega desempenho/consumo ótimos pro seu nível tecnológico. A Fiat vai voltar ao jogo com estes novos motores, sendo que por mim o Fire 1.4 8v pode ir pensando em se aposentar.

    ResponderExcluir
  54. Estive na Itália em Julho/09. Aluguei um carro e, no dia de pegar não estáva disponível. Me ofereceram então um tal de MUSA. Sem ver o que era, fechei e fui buscar o mesmo. MUSA nada mais é que um Idea 10.000 melhor ( falo porque tenho um Idea 1.4 )
    MUSA 1.4 8V 100 cv Diesel.
    Sem barulho de motor, torque absurdo, carro muito rápido chega à 180km/h brincando e o melhor: 18 km/l Diesel.
    Vendo este motores novos Tritec, creio que já são devasados.
    Fazer o quê - País de treceiro mundo

    ResponderExcluir
  55. Pô saí da qui, ir para a Italia e pegar um Idea Europeu, e pior ainda, tendo este aqui no Brasil. Obs: O painel é feio, pois o velocimetro fica no centro.

    Eu exigiria um carro que no mínimo não existisse no Brasil.

    ResponderExcluir
  56. Para o anônimo que foi pra Itália: motores à diesel em carros de passeio são proibidos no Brasil. De fato o Musa que você alugou tem motor Multijet, que é bastante moderno, mas ele não pode ser comercializado no Brasil em carros de passeio por uma questão de legislação. E para o anônimo que não gosta do Idea europeu: hoje em dia muitos dos novos carros na europa está vindo com velocímetro centralizado (ver PSA, Fiat, Mini, etc). Não acho feio não, precisamos ter a cabeça aberta pra novas tecnologias (no caso esta é uma tecnologia de ergonomia). O Idea europeu é bem diferente do nacional portanto, inclusive na plataforma e motor. É praticamente outro carro mesmo.

    ResponderExcluir
  57. potencia realmente nao é tudo, mais comparar a velharia da chevrolet 2.0 8v 140cv poluidor que precisa de 2 catalizadores com um moderno TRITEC 16V que com 1 catalizador polui quase 3 vezes menos é brincadeira né. O problema do chevroley nao é o motor velho com 140cv, é o que ele precisa para adequar as novas leis ambientais, 1 catalizador ja tira bastante potencia do motor, 2 entao nem se fala... o resultado faz o astra 140cv andar quase 1 segundo atras do proprio astra 127cv.

    Voces vao surpriender com esse tritec, uma coisa é um motorzinho 1.4 8v com 97cv com torque e potencia maxima a 6500 rpm, outra coisa é um tritec 1.4 16v 100cv com torque e potencia quase maxima ja atingidos em 2800~3000rpm. É ouro nivel de motor !

    ResponderExcluir
  58. O ultimo Anônimo, o Astra realmente teve projeto de 2 catalizadores mas o que pega mesmo para o carro nao render mais potencia viavel frente ao mesmo motor com potencia inferior, é que o torque maximo só é atingido em altas 6000rpm e praticamente inutilizavel para quem anda com o carro.

    Cá entre nós, ninguém vai querer ficar andando quase no limite de rotaçao para sentir o carro dar uma "empurrada" a mais comprometendo o consumo e principalmente sua segurança (ja que mesmo em segunda o Astra já deve ganhar velocidade facil).

    Em relação ao que falei de um carro 1.6 andar mais que um 2.0 isso é verdade e não é vangloriar a Fiat. Veja o exemplo de um Ford KA atual 1.6: Ele tem torque e peso suficiente para encarar facilmente um 2.0. Alias, apesar ter um propulsor menor ele é mais esperto, na Quatro Rodas há um teste com video inclusive de um Ford KA andando proximo de um Punto T-Jet e tbm dos esportivos nacionais (Golf e Civic). Não digo que anda junto mto menos que o motor é tão potente assim, mas em virtude de ter um tamanho menor, peso menor, a inercia ajuda o carro a andar mais e com isso aproveitar melhor as retomadas do motor. Não duvidaria de vber um Punto se viesse com esses 130cv andar junto com Civic, Corolla... entre outros. A grande questão é que ninguem vai ficar disputando corrida com ninguem foi mais uma suposição de como desempenha o carro.

    Acredito que para a grande maioria (incluso eu...rs) a noticia de um motor 1.4 16v de 100cv é a mais interessante... mesmo pq a grande faixa de veiculos vendidos será com esse propulsor.

    Seria lindo que a Fiat introduzisse para nós esse cambio que equipa o 500, mas dai é sponhar alto demais.

    Abraços,
    Edson

    ResponderExcluir
  59. Aluguei um Panda com Ar Cond, me ofereceram um Musa completo + ABS + 04 Air Bag + Diesel ( mais barato que gasolina ) Exigir o quê ?

    ResponderExcluir
  60. Caramba! tá um anonimato total aqui! É o Anônimo respondendo pro Anônimo que retrucou o Anônimo sobre o assunto levantado pelo Anônimo.

    ResponderExcluir
  61. Marlos, gostaria que falsse do Doblo, o por que do atraso, afinal o carro era pra ter saido em setembro, agora só sai lá em dezembro. Abraços.

    ResponderExcluir
  62. Olá Tito,
    Acabei de programar um post sobre o Doblò com flagras exclusivos.

    Galera,
    Gostaria de agradecer a todos que aqui comentaram. Este foi o post que recebeu mais comentários desde que o Autos Segredos foi criado.

    Caro Anônimo,
    Escrevi minha matéria baseada em informações que vieram da própria Fiat. Se os números estão errados, por favor, diga quais são os certos. Eu e os meus leitores ficaremos gratos.

    No mais abraços a todos e vejam o post de logo mais.

    Até já,

    Marlos Ney Vidal

    ResponderExcluir
  63. Anonimo, que reclamou do anonimado...rs

    Eu sempre termino meus comentarios mandando meu nome "Edson" para se diferenciar. O problema é na hora de postar que mtas vezes não consigo colocar como perfil de Gmail.

    Abraços,
    Edson

    ResponderExcluir
  64. po se o 1.6 tiver a mesma potência do 1.9 do Linea porque alguém continuaria com o 1.9?

    ResponderExcluir
  65. Depende... tem pessoas que gostam de ver que o motor tem determinada cilindrada...

    Isso depende se a pessoa procura de fato testar o carro, ver se o porte do carro comporta com tal motorização e mais... se uma motorização inferior mesmo com a mesma cavalaria vai ter um torque similar, o peso / potencia vai manter o mesmo rodar e por fim a aceleração vai ser mantida. Pq se vc troca o motor e ele tem respostas mais lentas... nao faz o menor sentido troca-lo. É dar um tiro no escuro...

    Abraços,E
    Edson

    ResponderExcluir
  66. Velho, aí vc ja ta chutando viu....

    ResponderExcluir